Uopeccan conta com renomado profissional oncológico para compor suas equipes em Ortopedia Oncológica

A instituição tem profissionais da saúde especializados nas diversas áreas da Oncologia, nas duas unidades hospitalares, para atender pacientes que necessitam destes atendimentos. Neste intuito de sempre buscar melhorias, há dois meses, a Uopeccan trouxe o professor e doutor, Valter Penna, que se desloca de São Paulo, onde exerce a especialidade de Ortopedia Oncológica,  em conjunto com as equipes médicas em Ortopedia, em Cascavel, com o Dr. Rafael Fenato e Umuarama, os médicos Nelson Narata e Flávio Franco, compartilhando assim seus conhecimentos para atender à população.

Dr. Valter Penna é considerado um dos mais renomados do país, atuando ao longo da sua carreira em diversos hospitais do Brasil, ajudando a implantar e habilitar novos serviços para atender a população do país. “Eu me encantei com a Uopeccan, um hospital centrado que oferece um excelente atendimento para população. Agradeço a diretoria e equipe multidisciplinar que me receberam de braços abertos”, destaca o médico.

A Ortopedia Oncológica e a especialidade, que trata os tumores ortopédicos atingindo ossos, articulações, tendões e músculos. São doenças pouco comuns dentro da ortopedia, porém quando presentes necessitam tratamento rápido e adequado. Esse tipo de câncer atinge todas as idades, independente do sexo ou etnia podendo ser identificada pela dor e aumento de volume do osso, acometendo com maior frequência a coluna vertebral, seguido do joelho, quadril, ombro e bacia.

Os tumores ósseos podem ser benignos, quando tem alteração na estrutura do osso, porém não se disseminam para outras partes do corpo. Alguns exemplos são o cisto ósseo, encondroma e o osteocondroma. Ou também tumores malignos tendo a capacidade de se espalhar e acometer outros órgãos, devido à essa característica são chamados de câncer.

Como diagnosticar:

O diagnóstico se inicia na consulta com o médico, ele irá avaliar o paciente, realizar o exame clínico e solicitar os exames necessários. Uma radiografia simples é capaz de mostrar muitas informações sobre os tumores. Outros exames muito utilizados para complementar o diagnóstico são a Tomografia Computadorizada, a Ressonância Magnética e o Pet-CT, cada um com sua indicação específica.

De acordo com médico ortopedista oncológico, Valter Penna, o câncer ósseo pode ter origem no próprio osso, músculo e articulação (lesão primária). Ou pode ser resultado de metástase de um câncer de outro órgão, mama, próstata e pulmão. “O câncer ósseo é considerado raro se comparado aos outros tipos de tumores, e possui maior chance de cura se for diagnosticado precocemente e tratado adequadamente”.