TRANSPLANTE DE MEDULA ÓSSEA AUTOLÓGO NA UOPECCAN CELEBRA 10 ANOS

Nesta década foram realizados 212 Transplantes de Medula Óssea autólogo (TMO).

A unidade de Transplante de Medula Óssea autólogo (TMO), completa neste mês dez anos de atividade, com um total de 212 procedimentos realizado ao longo da década.
O Hospital do Câncer Uopeccan é único credenciado na região oeste a realizar este procedimento. No Paraná, apenas três municípios possuem hospitais credenciados a unidade de Transplante de Medula Óssea, sendo Cascavel, Curitiba e Londrina.
O primeiro procedimento realizado na Uopeccan foi em setembro de 2009. A necessidade de conquistar esse credenciamento se viu pela demanda de pacientes da região oeste serem destinados ao transplante na capital do estado.
Segundo o Presidente do Conselho Superior do Complexo Hospitalar Uopeccan, Ciro Antonio Kreuz, obter o credenciamento era um dos objetivos da Uopeccan, trazer essa conquista para melhor atender os pacientes, “a decisão partiu de toda a diretoria da Uopeccan, corpo clínico, devido a procura por este procedimento, que era muito grande, e, fazia parte dos objetivos da instituição ter uma Central de Transplantes em Cascavel, a única do interior do Paraná .É uma conquista alcançada que agora atende as necessidades dos pacientes que antes precisavam ir para Londrina ou Curitiba realizar o transplante. E agora, comemoramos dez anos desta conquista, é um orgulho para todos nós”, diz.
Dr. Ademar Dantas Cunha Jr., hematologista, que, participou na época do credenciamento relembra a trajetória de como foi ter conquistado o primeiro credenciamento de transplante de medula óssea autólogo do interior do Paraná, “todos os tratamentos oncológicos e onco hematológicos eram feitas aqui na Uopeccan, mas, para realizar o procedimento eram direcionados para Curitiba. A partir disso se viu que era necessário o procedimento ser realizado na Uopeccan. Foram seis meses para enfim recebermos o credenciamento e então, deixarmos de enviar os pacientes para a capital do estado do Paraná. Essa conquista foi muito pessoal e profissional, muito feliz por fazer parte desta história”, diz.

Sobre o transplante de medula óssea autólogo
O transplante de medula óssea autólogo (autotransplante), é realizado em pacientes com câncer hematológico, sendo mieloma múltiplo, linfoma e tumores oncológicos germinativos (ovário, testículos).
O transplante é realizado a partir das células do próprio paciente, que, antes de iniciar a quimioterapia é retirado as células tronco da corrente sanguínea do paciente. Após a remoção, ele inicia o tratamento quimioterápico para então, receber as células que foram removidas da corrente sanguínea.