Meta Zero: Uopeccan promove campanha para prevenir acidentes de trabalho

O mês de abril é marcado pelo movimento Abril Verde, instituído para a conscientização sobre a segurança e saúde no trabalho. Pensando nisso, o Complexo Hospitalar Uopeccan de Cascavel e Umuarama realizam a campanha “Meta Zero Acidentes” para mais de mil colaboradores sobre os cuidados preventivos. Segundo a Técnica em Segurança do Trabalho da Uopeccan de Umuarama, Giselle Soares da Silva Bueno, a ação irá abordar diversos temas, buscando tornar o ambiente hospitalar ainda mais seguro.

“Trouxemos assuntos voltados as atividades realizadas dentro da instituição, de maneira mais leve como, ginástica laboral que são exercícios capazes de favorecer fortalecimento muscular e ao mesmo tempo elevar a sensação de bem-estar, orientações sobre a prevenção de acidentes com perfurocortantes. O manuseio incorreto pode transmitir mais de 20 tipos de patógenos(vírus, bactérias, protozoários) diferentes, sendo o vírus HIV; Hepatite B e Hepatite C. Outro fator que estamos abordando é a importância da carteira de vacinação atualizada dos colaboradores, para evitar doenças infecciosas”, conta Giselle.

De acordo com o Observatório de Segurança e Saúde no Trabalho, entre os setores econômicos com mais notificações de acidente de trabalho, o principal destaque no Paraná são as atividades de atendimento hospitalar. Entre 2012 e 2020 esse setor comunicou 29.102 ocorrências, 8% do total. Em seguida aparecem o setor de abate de suínos, aves e outros pequenos animais e os hipermercados e supermercados.

A presidente da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) da Uopeccan de Cascavel, Yasmin Oliveira, destaca a importância de promover auto cuidado do colaborador em suas atividades laborativas. “O cuidar de si e do próximo com a prevenção de acidentes no trabalho é garantir que todos retornem com segurança para a sua família. Neste mês, o colaborador terá acesso a palestras de diversos assuntos estaremos reforçando o uso adequado do EPI’s, os cuidados com manuseio de perfurocortantes e o risco do material biológico, possibilitando que os índices venham a atingir a meta de trabalho seguro – acidentes zero”, afirma.