Máscaras de super-heróis permitem tratamento mais leve para pacientes da radioterapia da Uopeccan

Os super-heróis não estão presentes somente nos desenhos e filmes, mas também durante o tratamento do câncer infantojuvenil na radioterapia do Hospital do Câncer Uopeccan de Cascavel.  Durante a realização das sessões de radioterapia é obrigatório o uso de máscara termoplástica para tratar os tumores de cabeça e pescoço, face ou sistema nervoso central.

Pensando nisso, os profissionais adaptaram as máscaras para as crianças com o tema de super-heróis. Todo o processo de adaptação e confecção da máscara, assim como as artes, são produzidas pela equipe de enfermagem, técnicos de radioterapia e a biomédica. “Criança gosta de brincar. Com as máscaras personalizadas é possível acessar esse mundo de brincadeiras com os pequenos, tornando assim, a rotina de tratamento mais leve, lúdica e confortável para nossos pequenos pacientes”, destaca a biomédica dosimetrista, Larissa Carolina da Rosa Lago.

O procedimento radioterápico utiliza de radiação ionizante, localizado, sendo necessário o bom posicionamento e imobilização do paciente para que o tratamento seja executado na localização correta do tumor. “Com as máscaras personalizadas, conseguimos com mais facilidade conquistar a confiança da criança, para que então, ela consiga tratar sem medo e sem sedação, garantindo a imobilização ideal do paciente para o tratamento eficaz”, esclarece Larissa.

Para enfrentar a temida máquina de radioterapia na luta diária contra o câncer já foram escalados mulher maravilha, homem aranha e homem de ferro. Como uma forma de encorajar crianças e adolescentes durante as sessões de radioterapia, o profissional atende o pedido conforme o personagem favorito da criança. Depois é realizado a moldura do rosto e começa a personalização com moldes para os detalhes do rosto, sobrancelhas, olhos e boca que são colados sobre a máscara e a pintura a mão com tinta guache. Em todos os procedimentos durante a produção tem o cuidado para que nenhum material fique depositado em cima da máscara para não interferir no feixe de radiação, durante o tratamento.

A paciente Laryssa Vitória Proença Pereira, 5 anos, já tem o seu super-herói preferido, a mulher maravilha, até a fantasia ela já vestiu para realizar o tratamento. A mãe, Silmara Moreira Proença conta como é importante a construção de um cenário mais agradável para a filha. “Acredito que a customização da máscara deixa minha filha mais à vontade para realizar o procedimento, além de levar ela para um mundo imaginário como fosse uma super heroína”, ressalta Silmara.

Sobre a radioterapia

Nos últimos 10 anos, mais de 10 mil pacientes foram tratados no Hospital do Câncer Uopeccan de Cascavel e Umuarama. O Complexo Hospitalar conta com equipamentos no tratamento de radioterapia  que possuem alta  tecnologias avançada, entre elas, IMRT (Radioterapia de Intensidade Modulada), VMAT (Arcoterapia Volumétrica), Radiocirurgia e Radioterapia Estereotáxica Fracionada através dos Aceleradores Lineares. Além disso, conta com os equipamentos de Braquiterapia de Alta Taxa de Dose e Raio-X Superficial, ideal para tratamentos de câncer de pele.

A maioria dos pacientes oncológicos recebem o tratamento pela radioterapia, quimioterapia ou cirurgia. As radiações da radioterapia são utilizadas para destruir ou impedir que as células do tumor se multipliquem, cada tecnologia empregada nos tratamentos pode entregar doses de radiações de diferentes formas.