Dia Mundial do Doador de Sangue: uma única doação pode salvar até quatro vidas

O Dia Mundial do Doador de Sangue é comemorado no dia 14 de junho, a data é uma forma de conscientizar a população da importância da doação de sangue. O Hospital do Câncer Uopeccan de Cascavel utiliza mensalmente entre 450 a 500 bolsas de hemocomponentes (hemácias, plaquetas, plasmas e crioprecipitado). Já na Unidade da Uopeccan de Umuarama são utilizados 350 a 380 bolsas.

Com a pandemia da covid-19 e o isolamento social, houve uma queda significativa no estoque de 30 a 50% no banco de sangue. “Alguns doadores têm receio de irem até a unidade do hemocentro para fazer a doação devido o atual cenário da pandemia. Apesar da diminuição, por outro lado, tivemos aumento no número de doadores inaptos por viagens aos epicentros do vírus, quanto por contato com pacientes suspeitos e positivos para o novo coronavírus ou sintomas gripais”, explica a farmacêutica bioquímica do Hospital do Câncer Uopeccan de Cascavel, Elen Juchem.

De acordo com a farmacêutica, Elen Juchem, uma única doação de sangue pode salvar até quatro vidas. “Muitos dos nossos pacientes contam com as transfusões dos hemocomponentes, para obter melhora em sua recuperação e assim realizar seu tratamento em busca de um bom prognóstico”.

 

Quem pode doar sangue?

– Pessoas entre 16 e 69 anos podem doar sangue. Para os menores de 18 anos é necessário o consentimento dos responsáveis;

– É preciso pesar acima de 51 quilos e estar em bom estado de saúde. O candidato deve estar descansado, não ter ingerido bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores à doação e não estar de jejum.;

– Não ter viajado nos últimos 14 dias, nem entrado em contato com caso suspeito ou confirmado do coronavírus;

– Não ter apresentado nos últimos 14 dias sintomas gripais como febre e dificuldades respiratórias.

 

Como faz para doar?

A doação de sangue deve ser agendada no site www.saude.pr.gov.br/doacao ou por telefone (45) 3226-4549

Faça o agendamento, doe sangue e ajude a salvar vidas!