Dia do brigadista: profissionais contribuem na segurança do Complexo Hospitalar Uopeccan

A prevenção é o melhor caminho para garantir que a vida seja preservada, esse é o principal objetivo dos brigadistas que fazem parte da equipe do Complexo Hospitalar Uopeccan. No dia 2 de julho é comemorado o Dia do Brigadista, a instituição ressalta a importância desses profissionais no ambiente hospitalar. “Cada membro da brigada executa uma função, seja no combate ao incêndio, primeiros socorros ou na evacuação/retirada de pessoas em caso de emergência. Sendo assim, o trabalho realizado por eles é essencial para que juntos tenhamos bons resultados, ainda mais quando estamos falando em salvar vidas”, destacou o engenheiro de segurança do trabalho, Dorival Pacheco Venâncio.

A Uopeccan conta com 101 brigadistas em Cascavel e 87 em Umuarama, que são treinados para realizar atendimentos em situações de emergência, as brigadas de incêndio são fundamentais para atuar na prevenção, combate a incêndios, prestação de primeiros socorros e evacuação de ambientes. Ainda de acordo com Venâncio, os treinamentos realizados na instituição são importantes para que todos os brigadistas estejam aptos para atuar de forma preventiva, caso necessário. “É dividido em duas fases, teoria e pratica, onde eles recebem qualificação referente aos conteúdos (primeiros socorros, combate a incêndio e evacuação), a pratica ocorre através de simulados mediante os conteúdos abordados”, finaliza.

Para Delmiro Beck que atua como enfermeiro há 21 anos na Uopeccan de Cascavel, a capacitação possibilita ainda mais segurança aos pacientes internados. “Fiz o curso porque vi a necessidade de me aperfeiçoar caso surgir alguma urgência durante minha rotina de trabalho, desta forma posso orientar e oferecer assistência nos setores de enfermaria, centro cirúrgico e UTI”, conta.

O analista de suporte da Uopeccan de Umuarama, Halef Augusto Dorigan de Almeida fez o treinamento em 2018, para ele essa foi uma forma de ajudar a instituição em momentos de crise, auxiliando no combate inicial de focos de incêndio e evitando danos maiores para todos. “É um conhecimento a ser levado para a vida e que pode ser utilizado não só aqui, mas em outros lugares, dando uma visão abrangente dos riscos existentes no ambiente, como identificar o meio correto de extinguir as chamas de acordo com o local atingido, e também de como proceder no combate a um foco inicial e até onde é possível tentar realizar o combate sem o auxílio do corpo de bombeiros”.

 

Como agir em princípio de incêndio?

– Em caso de incêndio, acione o alarme que está junto ao hidrante;

– Quando o alarme for acionado mantenha a calma, não há necessidade para pânico, aguarde instruções de nossos colaboradores e brigadistas;

– Se necessário realizar a evacuação do local, siga as orientações deslocando se até o pátio externo do hospital – Ponto de Encontro.

– Desloquem-se de forma ordenada, rápida, porém sem correr, evitando aglomerações nas portas de saída;

– Na presença de fumaça, mantenha-se abaixado e saia do local;

– Ao sair utilize as rampas ou escadas de emergência. “Não utilize o elevador”;

– Nunca volte buscar objetos, ou pertences pessoais;

– Deixe as entradas livres para os Brigadistas e Corpo de Bombeiros;

– Ponto de encontro é no pátio das ambulâncias, em frente a portaria do hospital.