Cozinha da Uopeccan de Umuarama está preparando 100 refeições criativas por dia para pacientes

O Hospital do Câncer Uopeccan de Umuarama começou no início do ano implementar a gastronomia hospitalar, servindo 100 refeições criativas por dia para pacientes do Sus, convênios e acometidos pela covid-19. A equipe da nutrição, juntamente com as cozinheiras e copeiras, são responsáveis por participarem da produtividade das refeições. Todo cuidado é planejado antes na preparação dos pratos, transmitindo qualidade e humanização para quem se alimenta.

Segundo a nutricionista Oncológica, Franciele Stefanoni Cia, o paciente que está hospitalizado apresenta um desequilíbrio alimentar causado pelo tratamento e a medicação. Por esta razão foram criadas estratégias que estimulam uma alimentação diferenciada. “Com esse novo modelo é possível diminuir a tristeza, medo, insegurança dos pacientes, demostrando que o prazer da alimentação não deve ser esquecido dentro ambiente hospitalar”, afirma.

A beleza da decoração dos legumes cozidos cortados em forma de coração e estrelas, além de encher os olhos de quem recebe as bandejas nos quartos, transmitem afeto. Para a cozinheira Edna Silva Vitoriano, que trabalha há quatro anos na instituição, o principal ingrediente é o amor. “O amor é essencial, quando eu faço a montagem dos pratos tento através do meu trabalho demonstrar a nossa dedicação em oferecer um alimento saudável aos pacientes. Quero que eles se sintam cuidados e amados, como fossem da minha família”.

Roberto Carlos da Silva, esteve internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Covid, ele foi alcançando pela demonstração de zelo das cozinheiras.  “Eu senti todo amor que veio pela cozinha, é muito emocionante você sentir o carinho transmitido na alimentação, recebi uma banana com meu nome escrito dentro de um coração que me emocionou muito, além de saborosa a comida é cheia de amor”