Após vencer o câncer, paciente retorna na Uopeccan para prestar homenagem

Neste mês a Uopeccan completa 30 anos, como uma forma de homenagear os profissionais de saúde, pacientes e colaboradores, Lucas Harmel, 41 anos, que toca saxofone há mais de 10 anos expressou sua gratidão pelo tempo que esteve realizando o tratamento contra um tumor maligno no intestino no ano passado.  “Lembro que uma vez eu estava internado, e um músico tocou trompete nas proximidades do hospital, isso me fez ver com outros olhos as circunstâncias. A partir daquele dia, pensei quando eu vencer o câncer, vou usar meu dom para abençoar outras vidas e agradecer à Deus”, destacou.

Lucas revelou que recebeu o instrumento musical de um empresário evangélico que tocava na igreja, quando ele morava no orfanato. “O saxofone foi um presente que ganhei, com o passar dos anos fui aprendendo mais sobre a música. Não toco olhando partitura ou cifras, eu fecho os meus olhos e toco com o coração”.

A apresentação musical ocorreu no jardim da Casa de apoio, que tem acesso ao hospital, os pacientes e colaboradores puderam acompanhar pela janela. “Ao ouvir as músicas me fez relembrar do tempo, que eu cantava na igreja com o coral”, disse a paciente, Leonilda Mayer, 88 anos.

“Precisamos de mais empatia pelo o nosso próximo, esse momento nos marca trazendo paz, amor e esperança. Esse gesto, é um exemplo, demonstrando que devemos seguir essas atitudes levando um pouco de alegria para aqueles que estão lutando contra a enfermidade. O câncer é uma doença de grande complexidade, só que tem um familiar, sabe que não é fácil de lidar com a situação”, destacou a Lucia Mayer, acompanhante da Leonilda.

Lucas deixou uma mensagem para aqueles que estão no processo do tratamento. “Da mesma forma que Jesus esteve comigo do início até aqui, ele também estará com vocês. Nunca deixem de acreditar no milagre, pois para Deus não há impossível. Deus abençoe a todos!”, finalizou Lucas.