Pra nós, a Páscoa já chegou!

Coelhinho da páscoa, o que trazes pra mim?

Esqueça a continuação tradicional da música. Pra nós, não foi o coelhinho que trouxe as surpresas da páscoa – que foram muito além de um ovo, dois ovos e até três ovos assim… A nossa páscoa começou antes do tempo e veio muito mais recheada!

Foi no dia 27 de março que toda a doçura pairou pelo ar. Na cozinha do Hospital Uopeccan de Cascavel, nutricionistas, estagiárias de nutrição e gastronomia colocavam a mão na massa para deixar tudo pronto. Quem passava pelo corredor já sabia: tinha bolo de chocolate saindo do forno. Mas não era só bolo, não… Tinha “cenourinha de morango”, tortinha salgada, suflê de legumes, brigadeiro e, claro, muito amor. Tudo estava sendo preparado com muito carinho e, por isso, até o bolo ganhou orelhas e rabo de coelho.

Pertinho dali, na Casa de Apoio, os “coelhinhos” preparavam outra grande surpresa. O cheirinho gostoso também não deixava ninguém mentir: as delícias já estavam quase prontas para a festa! Tinha pastel, torta, salgadinhos e até pizza… Comidinhas deliciosas trazidas por voluntários, apoiadores e organizadas pelas legionárias da LFCC, a Legião Feminina de Combate ao Câncer.

E, sim, é isso mesmo que você entendeu: duas festas de páscoa estavam sendo organizadas na mesma data, em horários bem aproximados. O motivo? Enquanto na Casa de Apoio a festa era preparada para os pacientes e acompanhantes hospedados e para as crianças que estão em alta, na Oncopediatria, a festa era organizada para os pacientes internados. “Todos merecem um momento assim”, disse Iria, diretora da LFCC.

Na Casa de Apoio, a comemoração começou tímida. Aos poucos, os pequenos pacientes chegavam acompanhados de seus pais e se acomodavam no salão de festas. Mas foi só a dupla Barreto e Campo Grande entrar que a timidez já ficou pra trás: ao som da tradicional canção de páscoa, os músicos entraram ladeados por personagens como Minnie, Homem Aranha e Homem de Ferro, além de uma grande legião do bem que trazia alegria e muita solidariedade para o evento.

Em meio aos sorrisos, olhares atentos e muitas câmeras que estavam prontíssimas para registrar o momento, a festa da páscoa começou! O que não faltou foi amor. E, cá entre nós, não é esse o sentimento que deve imperar no período pascal? “Eu estou amando isso aqui, tia”, disse um dos pacientes para a nossa jornalista enquanto ele dançava loucamente ao som de Barreto e Campo Grande. A comida? Ih… Vamos começar pela mesa farta? Como foi dito ali em cima, teve pastel, pizza, salgados e muitos doces. Mas a comilança não parou por aí não: cada paciente da oncopediatria recebeu uma cesta recheada de guloseimas, dessas que toda criança gosta. Além disso, eles levaram pra casa kits de Bis doados por uma turma de acadêmicos da Unipar, ovos de páscoa e as meninas ganharam ainda um bônus – lindas bonequinhas de pano doadas por uma voluntária de Pato Branco.

“Mas e lá dentro, como estava a festinha?”

Bom, lá dentro, nem mesmo o fato das crianças estarem internadas atrapalhou a alegria da galera. Teve muito sorriso, muita risada e, claro, muita fofura!

Com esses registros, já deu pra perceber como a nossa páscoa foi muito além dos coelhos e ovinhos de páscoa, não é mesmo?! Por aqui, mesmo antes da data chegar oficialmente, nós comemoramos com solidariedade, amor, alegria e com a possibilidade de oferecermos algo diferente para quem vive uma rotina que, muitas vezes, é pesada.

E é por este motivo, que só temos a agradecer! Afinal, nós não seríamos nada e nossas ideias sequer sairiam do papel se não fosse pelo apoio dos nossos voluntários e apoiadores. Sendo assim, agradecemos à Pizzaria Jacarezinho, Pastelaria Mellos, Barreto e Campo Grande, Cassiane e amigos, Dona Terezinha, Dona Elzi, Amigas da PUC, Suco Prat’s, acadêmicos da Unipar, voluntários de Marechal Cândido Rondon, ACCORRER, acadêmicas e estagiárias de nutrição e gastronomia e a todos os que tornaram realidade as nossas festinhas da páscoa!

Confira todas as fotografias das festinhas de páscoa neste link.